A BRITech agora faz parte do radar de Fintechs Finnovista

21/06/2018 Por: Carlos Werneck

A partir de maio deste ano, a BRITech passa a fazer parte de um seleto grupo de 370 empresas mapeadas pelo radar de fintechs do Finnovista, compondo, junto de 4 outras empresas, o segmento de tecnologia para instituições financeiras.

Clique na imagem abaixo para ampliar. radar de fintechs Finnovista

Para nós da BRITech, o reconhecimento pelo Finnovista como empresa inovadora no segmento de tecnologia para instituições financeiras reforça mensagem que queremos passar para os nossos clientes e futuros clientes: de que não somos mais uma empresa de software para o mercado financeiro, mas o principal provedor brasileiro de tecnologia, software e serviços profissionais para o ecossistema de gestão dos investimentos, cuja tecnologia de ponta, proporciona soluções completas, escaláveis e de alto desempenho para gestores de recursos, corretoras, administradores, Wealth management e Family Offices. Tornando a Gestão de Investimentos mais simples e rápida!

O radar Finnovista foi criado ao final de 2012, com o objetivo de explorar a evolução digital para facilitar a criação de uma indústria de serviços financeiros mais eficiente. Ao longo desses dois anos, a Finnovista construiu um ecossistema de tecnologia financeira que se estende desde países desenvolvidos à emergentes, conectando empreendedores, investidores, corporações e instituições públicas.

Segundo a Finnovista, cerca de 188 novas startups de Fintech foram lançadas no Brasil nos últimos 18 meses, posicionando o país como o maior polo de Fintech da América Latina, ultrapassando o México e Colômbia, com 248 e 124 novas startups respectivamente. Boa parte desse crescimento foi impulsionado pelos segmentos de bancos digitais, plataformas de negociação, empréstimos pessoais e seguros.

Em termos setoriais, o mercado brasileiro de fintechs está concentrado, basicamente, em três segmentos principais: meios de pagamentos, com 96 startups representando 25% do total, gestão financeira empresarial, com 63 startups e 17% do total e empréstimos pessoais, com 56 empresas e 15% do total.

O estudo completo realizado pela Finnovista sobre a evolução da fintechs na América Latina pode ser acessado aqui.

Sobre o autor:

Carlos Werneck

Economista, sócio fundador e COO da CYRNEL International entre 2006 e 2014. Carlos Werneck ingressou na BRITech em 2015 e é o executivo responsável pela equipe comercial e geração de novas receitas da empresa.

<< Voltar ao blog
BRITech