• A BRITech agora faz parte do radar de Fintechs Finnovista

    21/06/2018 Por: Carlos Werneck

    A partir de maio deste ano, a BRITech passa a fazer parte de um seleto grupo de 370 empresas mapeadas pelo radar de fintechs do Finnovista, compondo, junto de 4 outras empresas, o segmento de tecnologia para instituições financeiras.

    Veja mais >>
  • Robo-Advisors: Maravilha ou armadilha?

    19/06/2018 Por: Raul Tortima

    Como toda tecnologia ou processo disruptivo que surge no horizonte, os robô-advisors não passam incólumes a uma saraivada de críticas fervorosas. Ao mesmo tempo, exageros são exaltados em larga escala, causando frisson até em profissionais acostumados ao estado da arte em tecnologia.

    Veja mais >>
  • Venha fazer parte da Academia BRITech

    04/06/2018 Por: Silvio Sobrinho

    Conheça a Academia BRITech, um espaço de compartilhamento de conhecimento e capacitação sobre a plataforma de Gestão de Investimentos da BRITech. Neste espaço, nossos consultores irão ministrar treinamentos gratuitos para profissionais que já atuam no mercado nas áreas de middle e back office.

    Veja mais >>
  • ISS – Administração e Gestão de Fundos e de Carteiras de Clientes – STF Suspende Lei Complementar nº 157/2016

    28/03/2018 Por: Cristiano da Cruz Leite

    Em 23.03.2018, o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, concedeu Medida Cautelar na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 5.835 e suspendeu as regras da Lei Complementar nº 157/2016 que haviam estabelecido que o ISS incidente sobre os serviços de “administração de fundos quaisquer, de consórcio, de cartão de crédito ou débito e congêneres, de carteira de clientes, de cheques pré-datados e congêneres” passaria a ser devido ao Município em que localizado o tomador do serviço (cliente), e não mais ao Município do estabelecimento prestador do serviço.

    Veja mais >>
  • Fundos Imobiliários – Uma análise cautelosa

    19/03/2018 Por: Raul Tortima

    Os fundos imobiliários nasceram como uma saudável alternativa aos imóveis comprados diretamente. São uma versão tropicalizada de produtos já sacramentados há décadas em outros mercados, como os REITs americanos (Real Estate Investment Trust). A principal diferença – e vantagem – em relação a alguns de seus pares de fora é a isenção fiscal sobre os rendimentos, algo que potencializa, e muito, a rentabilidade final do produto.

    Veja mais >>
1 2 3 18
BRITech