Ao longo dos últimos anos, no decorrer de suas atividades de supervisão e acompanhamento dos mercados administrados pela BM&FBOVESPA, a Gerencia de Supervisão de Mercados tem se deparado com inúmeras irregularidades na gestão do patrimônio dos investidores, movimentações financeiras, e manipulação de mercado.

As Instruções CVM 301, CVM 8 e CVM 505 vem doutrinando as equipes de compliance a reforçarem os seus controles internos, com os seguintes objetivos:

• Justa formação de preços e demanda
• Tratamento equitativo
• Transparência
• Prevenção ao conflito de interesses
• Proteção do investidor
• Simetria informacional
• Prevenção à lavagem de dinheiro
• Controles Internos e Compliance

Com isso, tais normas criam proibições e restrições aos participantes e algumas responsabilidades aos intermediários (bancos, corretoras e distribuidores).

Faça o download do material completo abaixo:

AUTOR:

Rafael Garcia

Possui 13 anos de experiência no mercado de capitais, atuou como superintendente de tecnologia na Gradual Investimentos, liderando as equipes de sistemas e projetos no desenvolvimento de sistemas críticos de trading, compliance e risco. Passou por empresas como BMFBovespa e banco fator. Especialista em desenvolvimento de sistemas de missão crítica, derivativos e risco, possui pós-graduação em modelagem matemática aplicada a engenharia financeira pela USP, MBA em gestão estratégica de TI pela FGV, certificações CSPO pelo scrum alliance e PMP pelo project management institute (PMI) onde atua no conselho.

0 Comentários

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>